TOEFL ITP e TOEFL IBT, qual a diferença?

Postado por Mastertest em 29/jan/2020 - 1 Comentário

toefl

Se você está lendo esse artigo é porque já ouviu falar de pessoas que vão prestar o TOEFL, mas na hora H se deparam com um teste completamente diferente para o qual se prepararam, e para evitar essa dor de cabeça para você, estudante, preparamos um artigo bem legal que mostra afinal quais são as diferenças entre os dois testes.

Antes de entender essas diferenças, precisamos entender o que é TOEFL. O TOEFL é nada mais do que um teste de proficiência da língua inglesa. Tanto que suas siglas traduzidas para o português significam Teste de Inglês como Língua Estrangeira. Ele avalia o seu nível de proficiência do idioma.

Se o TOEFL é “só” um teste de inglês, por que se fala tanto sobre ele?

Porque é um teste reconhecido e aplicado mundialmente, e sua pontuação é utilizada para diversas aplicações, inclusive é um fator determinante para qualquer pessoa que ambiciona ingressar em Universidades Estrangeiras. E se você é uma dessas pessoas que deseja estudar lá fora, não adianta pensar que dá para passar sem ele, ou seja, você vai precisar comprovar que fala, escuta, lê e escreve em inglês como se fosse sua língua nativa. A verdade é que não é fácil, e é justamente por isso que existem cursos que te ajudam a se preparar para o teste.

Se você chegou até aqui é porque quer entender as diferenças entre essas duas diversificações do TOEFL. Para tentar desfazer esse emaranhado de siglas na sua cabeça, basta entender que um é mais completo que o outro.

Mas afinal por que criar um teste simples e outro completo?

A resposta é fácil. Não há necessidade de testar o inglês de uma pessoa que não vai se utilizar do idioma para algo tão específico no mesmo nível de outra que sim.

O teste mais completo, o IBT, é para aqueles que querem estudar no exterior, já que o nível de inglês exigido por essas instituições é muito rigoroso. É importante você saber que esse é o único teste aceito pelas Universidades onde a primeira língua é o Inglês. Isto é, se você quer estudar nos EUA ou no Canadá, não tem outro jeito: Você terá que fazer o IBT! Com a exceção de que o ITP é aceito pelo “Ciências sem Fronteiras”, em alguns casos, mas se você deseja fazer um intercâmbio, ou apenas testar o seu nível de inglês, ou até mesmo usar sua nota no seu currículo, por exemplo, o ideal é fazer o ITP.

Agora que você sabe qual teste você precisa, é necessário entender as diferenças entre as provas para se preparar corretamente.

A prova do TOEFL ITP é uma prova dividida em 3 partes: escuta, expressão e estrutura escrita (gramática) e por último leitura. São 50 questões de escuta, 40 questões de gramática e 50 de leitura, ou seja, não tem conversação nem escrita. O teste é de múltipla escolha. A duração é de cerca de 1 hora e 50 minutos, e a pontuação vai de 310 a 677.
Já a do TOEFL IBT é dividida em 4 partes: escuta, leitura, escrita e conversação. Valendo 30 pontos cada. No total, 120 pontos. A prova é mais longa, com duração de 4 horas. Ela não é toda de múltipla escolha, já que possui uma parte de conversação e de escrita; e por ser uma avaliação bem mais complexa, ela não é padronizada, ou seja, não existe um número fixo de questões.

Agende seu teste.